Migrar da Lightspeed para a Shopify

Caso você use o Lightspeed Retail ou o Lightspeed eCommerce, é possível migrar os produtos para a Shopify. Para tanto, é necessário instalar a loja de eCom e exportar os dados da Lightspeed para a Shopify com o app Store Importer.

Etapa 1: exportar os dados da loja da Lightspeed

Para migrar da Lightspeed para a Shopify, o primeiro passo é importar os dados da loja em formato CSV. Assim sendo, é possível exportar os quatro tipos de arquivo a seguir:

Antes da exportação, instale a Lightspeed eCom.

Dados de produtos da Lightspeed eCommerce

Com o arquivo CSV de produtos doLightspeed eCommerce, é possível baixar informações como variantes, título, descrição, imagens, preço, coleções e tags.

Etapas:

  1. Primeiro, faça login na conta do Lightspeed eCommerce

    Estoque do Lightspeed eCommerce

  2. Na barra lateral, clique em Tools ("Ferramentas") e, depois, em Exports ("Exportações").

    Exportações do Lightspeed eCommerce

  3. Na página Exports ("Exportações"), clique em Add Export ("Adicionar exportação").

  4. Selecione Products ("Produtos") no menu suspenso e clique em Export ("Exportar").

  5. Na página Exports ("Exportações"), clique em Download ("Baixar") ao lado da exportação Inventory ("Estoque").

  6. Quando solicitado, salve o arquivo CSV de produtos do Lightspeed eCommerce no computador.

Dados de clientes da Lightspeed eCommerce

Com o arquivo CSV de clientes do Lightspeed eCommerce, é possível baixar informações como nome, e-mail e endereço.

Etapas:

  1. Na barra lateral do Lightspeed eCommerce, clique em Tools ("Ferramentas") e, depois, em Exports ("Exportações").

  2. Na página Exports ("Exportações"), clique em Add Export ("Adicionar exportação").

  3. Selecione Customers ("Clientes") no menu suspenso e clique em Export ("Exportar").

  4. Na página Exports ("Exportações"), clique em Download ao lado da exportação de Customers ("Clientes").

  5. Quando solicitado, salve o arquivo CSV de clientes do Lightspeed eCommerce no computador.

Dados de estoque e códigos de barras da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed")

O arquivo CSV de itens da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed") permite baixar dados adicionais de produtos, como códigos de barras, estoque e coleções da plataforma — incluindo o estoque em vários locais.

Caso não precise dos códigos de barras ou dados de estoque, ignore a exportação desse arquivo.

Etapas:

  1. Primeiro, faça login na conta da Lightspeed Retail PDV ("PDV de varejo da Lightspeed")

    Estoque da Lightspeed Retail POS (

  2. Na barra lateral, clique em Inventory ("Estoque) e, depois, em Item Search ("Pesquisa de itens").

  3. Caso trabalhe com vários locais, lembre-se de salvar o estoque de cada um deles. Na barra de ferramentas de pesquisa, clique em Advanced ("Avançado") e marque a caixa de seleção Show All Locations ("Mostrar todos os locais"). No menu suspenso Shops ("Lojas"), selecione All Shops ("Todas as lojas").

    Estoque da Lightspeed Retail POS (

  4. Clique em Search ("Pesquisar"). O estoque de todos os locais aparecerá na lista de itens.

  5. Clique em Export ("Exportar").

  6. Quando solicitado, salve o arquivo CSV de itens da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed") no computador.

Dados de clientes da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed")

Com o arquivo CSV de clientes da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed"), é possível baixar as informações de varejo e omnicanal, como nome, e-mail e endereço.

Etapas:

  1. Na barra lateral da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed") clique em Customers ("Clientes") e, depois, selecione Customers ("Clientes") dentre as opções disponíveis.

    Clientes da Lightspeed Retail POS (

  2. Clique em Export ("Exportar").

  3. Quando solicitado, salve o arquivo CSV de clientes da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed") no computador.

Etapa 2: importe os dados da sua loja para a Shopify

Agora que você já exportou os dados de produtos da Lightspeed, é hora de importar os arquivos CSV para a Shopify.

A importação de dados precisa conter o arquivo CSV de itens da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed"), bem como o CSV de produtos do Lightspeed eCommerce, tendo em vista a obrigatoriedade de informações sobre as variantes.

É possível usar o app Store Importer para importar produtos, estoques e informações dos clientes da Lightspeed, mas não o histórico de pedidos. Cabe destacar que os produtos importados ficam disponíveis na loja virtual e no ponto de vendas, caso ambos tenham sido instalados.

Etapas:

  1. Em seu admin da Shopify, clique em Apps > Store Importer.

  2. Na página Store Importer, selecione Lightspeed no menu suspenso.

  1. Clique em Add file ("Adicionar arquivo") e, depois, selecione os arquivos de dados. Também é possível arrastá-los e soltá-los na área Add file ("Adicionar arquivo").

  2. Clique em Continuar importação > Importar.

Limitações conhecidas dos dados de produtos da Lightspeed

Apesar de serem exibidas nos CSVs exportados da Lightspeed, as colunas a seguir não são compatíveis com o modelo de dados-padrão. Assim sendo, não é possível importá-las para a Shopify:

  • UPC
  • EAN
  • Manufact. SKU
  • Vendor/Supplier
  • Season
  • Department
  • MSRP
  • Tax class
  • Stock_Min
  • Stock_Alert
  • Volume
  • Colli
  • Size X/Y/Z
  • Size_Unit
  • Buy_Min/Max
  • US_Meta_Keywords
  • Campos personalizados

Caso queira armazenar esses dados na Shopify, crie metacampos para a loja e adicione os valores manualmente.

As imagens das variantes são mapeadas para o produto principal.

As categorias e subcategorias da Lightspeed são importadas como coleções de produtos individuais.

Limitações conhecidas dos dados de clientes da Lightspeed

As colunas a seguir são exibidas nos CSVs exportados da Lightspeed, mas não são importadas para a Shopify:

  • Tipo de cliente
  • Desconto
  • Data de nascimento (DOB, na sigla em inglês)
  • Título
  • Criado em
  • Diferentes números de telefone (casa, trabalho, fax, pager, celular)
  • Site
  • E-mail2

A Lightspeed permite que os lojistas criem campos personalizados nos perfis de clientes, mas esse recurso não é compatível com o modelo de dados da Shopify. Para preservar esses campos, é necessário instalar um app de confiança que também os ofereça.

Clientes com apenas uma empresa listada e sem nenhuma outra informação serão corretamente importados, mas seus nomes serão exibidos com o nome da empresa.

Etapa 3: avalie e atualize seus dados importados

Após uma importação bem-sucedida, os dados de produtos e de clientes estarão disponíveis no admin da Shopify. Mas, caso alguns produtos e clientes não tenham sido importados, você terá que adicioná-los manualmente.

Vale lembrar que os preços dos produtos são determinados com base na moeda da loja da Shopify.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, revise as informações dos produtos, estoques e clientes para confirmar se todos os dados foram importados.

  2. Caso algo não tenha sido importado, adicione produtos ou registros de clientes ausentes de modo manual.

Solução de problemas na importação de dados

Se você encontrar erros ao importar dados com o arquivo CSV, consulte as soluções para problemas comuns na importação de CSV de produtos.

Consulte as soluções a seguir caso as informações não tenham sido importadas corretamente.

Importação bem-sucedida com mudanças

A página de resumo mostra as informações da importação concluída. Na seção de análise dessa página, é possível conferir as mensagens para saber se houve erros. Para editar manualmente as informações importadas, basta clicar em Ver itens ao lado das mensagens.

Falha na importação de alguns produtos ou registros de clientes

Se alguns produtos ou clientes não forem importados, tente adicionar um produto ou um cliente.

Clientes com o mesmo endereço de e-mail ou número de celular não são incluídos na importação. Portanto, caso dois ou mais clientes compartilhem esses dados, apenas a entrada mais recente será importada.

Limites na criação de variantes de produto

Se a loja tem mais de 50.000 variantes de produto, é possível criar até 1.000 variantes por dia.

Falha na importação do estoque de vários locais

Para importar o estoque de vários locais, primeiro é necessário criá-los. Lembre-se de que os nomes na Shopify precisam ser os mesmos na Lightspeed. É possível encontrá-los no CSV de itens da Lightspeed Retail POS ("PDV de varejo da Lightspeed") entre as colunas Qty e Price.

Assim sendo, não é possível importar o estoque de locais que ainda não existam na Shopify.

Os códigos de barra são definidos para 13 dígitos, assim como na Lightspeed

Conforme o sistema de identificação, o app Store Importer atribui aos produtos e suas variantes códigos de barras impressos contendo 13 dígitos. No entanto, caso use outros formatos (UPC/EAN/SKU) ou etiquetas com 8 dígitos, importe as informações dos produtos com o Store Importer e, em seguida, configure o editor em massa para adicionar os códigos de barras manualmente.

Os códigos de barras e o estoque de variantes com nomes iguais não são importados

Se há produtos duplicados, os códigos de barras e o estoque não podem coincidir com as variantes. Isso faz com que elas sejam importadas, mas sinalizadas durante o processo. Por esse motivo, é necessário adicionar os códigos de barras e estoque manualmente.

Variantes de produtos com preços oscilantes nos canais de vendas são importadas com valor 0

Os produtos com preços variáveis são importados, mas permanecem não publicados e indisponíveis para vendas nos canais, apresentando uma mensagem de aviso do app Store Importer. Para alterar os preços e a disponibilidade, clique no link de acesso ao produto. Caso haja muitos erros, considere usar o editor em massa ou o CSV de produtos para fazer várias alterações ao mesmo tempo. Vale lembrar que a Shopify não é compatível com preços por canal de vendas.

Duplicar clientes

Na Shopify, os clientes não podem compartilhar endereços de e-mail ou números de telefone. Quando isso ocorre, apenas a entrada mais recente é importada, enquanto as demais são desconsideradas.

Importar dados na parte superior de uma importação existente

Se você acha que esqueceu algo da sua importação anterior, é possível importar os dados da sua loja novamente na parte superior da importação atual clicando em Iniciar nova importação.

  • Se a loja da Shopify ou uma importação anterior já contém clientes, eles são atualizados. A primeira correspondência dos clientes é feita considerando o endereço de e-mail. Caso não haja nenhuma correspondência, é considerado então o número de celular. Se for localizada alguma correspondência, o registro existente será atualizado da seguinte maneira:

    • Os status de isenção de tributo e assinatura de marketing são substituídos.
    • Tags, endereços e observações da importação são adicionadas.
    • Se os campos de nome, sobrenome ou número de celular estiverem vazios no registro existente e forem incluídos no registro de cliente importado, eles serão adicionados.
  • Se uma importação incluir produtos que já estão em sua loja da Shopify, os produtos correspondentes na importação serão ignorados e não serão importados. Uma lista dos produtos ignorados será exibida no Resumo da importação após o processo ser concluído.

Excluir uma importação de dados da loja

Se você não estiver satisfeito com a importação dos dados, exclua-a. Por exemplo, se a importação dos dados contiver muitos itens com falha, talvez seja útil removê-la e tentar novamente. É possível excluir apenas a importação mais recente. Aguarde a exclusão total dos dados antes de iniciar outra importação.

Etapas

  1. Na página Importação concluída , clique em Excluir importação.

  2. Na caixa de diálogo Excluir importação , clique em Excluir importação.

Após excluir todos os arquivos importados, clique em Iniciar nova importação para começar outra importação.

Critérios para senhas de clientes

Como as senhas são criptografadas, não é possível migrar senhas de clientes de outra plataforma para a Shopify. Consequentemente, apenas registros de clientes são migrados para a Shopify, e não contas de clientes.

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça