Localizar os preços dos produtos nos mecanismos de pesquisa

Atualize o tema para que os preços exibidos nos resultados dos mecanismos de pesquisa correspondam às moedas dos clientes.

Os mecanismos de pesquisa costumam apresentar o preço de um produto nos resultados de pesquisa. Quando você vende em várias moedas, às vezes a moeda exibida nos resultados não é a moeda local do cliente.

Se os clientes estão vendo esse tipo de incompatibilidade de moeda nos resultados da pesquisa, edite o tema da loja para que ele inclua informações sobre as localidades e as moedas em que sua empresa vende. Na maioria dos casos, basta ajustar as seguintes configurações no tema:

  • Dados estruturados
  • Links hreflang
  • Configurações de URL canônico

Por exemplo, sua empresa vende na Austrália e na Nova Zelândia. Um cliente da Nova Zelândia pesquisa uma camiseta de sua linha. Nos resultados da pesquisa, ele vê o preço em dólar australiano (20 AUD). Quando o cliente clica no resultado, ele é direcionado para a versão da página de produto da camiseta específica para a Nova Zelândia. Nessa página, o cliente vê o preço em dólar da Nova Zelândia (22 NZD). Ao perceber a diferenças de preço entre os resultados da pesquisa e a página do produto, o cliente fica confuso e demora para fazer a compra.

Etapa 1: usar dados estruturados

Use a marcação de página para estruturar seus dados e, assim, dizer aos mecanismos de pesquisa em quais moedas você vende. Esses mecanismos usam dados estruturados para classificar o conteúdo das páginas. Os dados também são usados para habilitar recursos de resultados de pesquisa, como a exibição do preço de um produto.

Para cada moeda aceita, é preciso usar o tipo de dados estruturados product e incluir a propriedade priceCurrency, que descreve a moeda no formato ISO 4217 e precisa ser definida como cart.currency.iso_code, não como shop.currency.

O tema Debut usa um formato diferente para dados estruturados, portanto essas etapas se tornam desnecessárias. Se você usar o Debut, poderá ignorar essas etapas e começar em Usar atributos hreflang.

Passos:

  1. Pesquise no tema a propriedade priceCurrency que está aninhada em um itemscope offers. Em geral, a definição de priceCurrency está no product-template.liquid, na pasta Seções. Se você não encontrar essa propriedade, adicione-a a Sections/product-template.liquid.
  2. Confirme se priceCurrency está definido como cart.currency.iso_code.

    Por exemplo, o código deve ficar assim:

<div itemscope itemtype=”http://schema.org/Product . . .
 <div itemprop="offers" itemscope
itemtype="http://schema.org/Offer">
   <meta itemprop="priceCurrency" content="{{ cart.currency.iso_code }}">
   . . .

Use a Ferramenta de teste de dados estruturados para testar as alterações.

Etapa 2: usar atributos hreflang

Use os atributos hreflang para informar aos mecanismos de pesquisa sobre as diferentes versões de suas páginas de produto. Para cada moeda em que sua empresa vende, especifique o idioma, no formatoISO 639-1, e a região, no formato ISO 3166-1 Alpha 2 à qual a moeda se aplica.

Passos:

  1. Abra o arquivo theme.liquid. Este arquivo deve conter elementos <link ... >.
  2. Confirme se há um elemento link rel=alternate para cada moeda em que sua empresa vende, como este elemento:
<link rel="alternate" hreflang="LANG-CTRY" href="{{ canonical_url}}?currency=XXX">`.

Por exemplo, se a empresa vende em dólar americano, libra esterlina e iene, seu theme.liquid precisa conter as seguintes linhas:

<head>
...
  <link rel="alternate" hreflang="en-us" href="{{ canonical_url }}?currency=USD">
  <link rel="alternate" hreflang="en-gb" href="{{ canonical_url }}?currency=GBP">
  <link rel="alternate" hreflang="ja-jp" href="{{ canonical_url }}?currency=JPY">
...

Se a empresa vende em euro (EUR), é preciso especificar as localidades (idioma/país) que ela aceita. Para cada localidade do EUR compatível, adicione um elemento <link> e inclua um atributo hreflang.

Por exemplo, as linhas a seguir informam ao mecanismo de pesquisa que a versão em euro da página do produto deve ser mostrada a falantes de francês na França, falantes de alemão na Alemanha e falantes de inglês e de holandês nos Países Baixos:

...
  <link rel="alternate" hreflang="fr-fr" href="{{ canonical_url }}?currency=EUR">
  <link rel="alternate" hreflang="de-de" href="{{ canonical_url }}?currency=EUR">
  <link rel="alternate" hreflang="en-nl" href="{{ canonical_url }}?currency=EUR">
  <link rel="alternate" hreflang="nl-nl" href="{{ canonical_url }}?currency=EUR">
  ...
  1. Adicione um elemento link rel=alternate e defina hreflang como x-default. Os mecanismos de pesquisa usam esse link alternativo quando o cliente está em uma localidade que você não aceita:
<link rel="alternate" hreflang="x-default" href="{{ canonical_url }}">

Etapa 3: usar um URL canônico

É possível dizer ao mecanismo de pesquisa qual URL usar como URL canônico. Esse endereço diz a um mecanismo de pesquisa que a página específica do país a que se refere é uma página distinta e autônoma, em vez de uma duplicata de outra página. Quando definido, o recurso ajuda o mecanismo de pesquisa a determinar qual moeda exibir. Use <link rel="canonical" href="{{ canonical_url }}"> e inclua o cart.currency.iso_code.

Passos:

  1. Em theme.liquid,, pesquise o link canônico. Se você não o encontrar este link, adicione:
<link rel="canonical" href="{{ canonical_url }}>"
  1. O URL canônico precisa incluir o cart.currency.iso_code:
<link rel="canonical" href="{{ canonical_url }}?currency={{ cart.currency.iso_code }}">

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça