Preços em moedas locais

Quando você vende para mercados, os clientes podem ver os preços na loja, pagar pelos pedidos no checkout e receber reembolsos na moeda local deles. Por padrão, os preços são convertidos automaticamente de acordo com a taxa de câmbio atual do mercado. No entanto, existe a opção de fazer a definição manual dessa taxa.

Para personalizar os preços locais, é possível arredondar os valores. Além disso, as lojas no plano Advanced Shopify ou superior também podem controlar os preços nos diferentes mercados pelo uso de ajustes percentuais e pela definição de preços por país ou região.

Se a loja vende em moedas locais, é necessário ter um seletor de país para que os clientes possam escolher a região ou o país deles e ver a respectiva moeda local na loja.

Comportamento de checkout

Os clientes podem finalizar a compra em qualquer moeda aceita se você vender em moedas locais com o Shopify Payments. Vale lembrar que, para personalizar os preços de um mercado, a loja pode usar uma taxa de câmbio manual, um ajuste percentual de preços ou preços fixos para os produtos.

O mercado de um cliente é determinado pelo endereço de entrega, e as mudanças nessa informação estão sujeitas às restrições de checkout. Na prática, isso significa que, se o cliente escolher uma moeda na vitrine da loja e modificar o local de envio de ou para um mercado personalizado, os preços serão alterados no checkout de acordo com o destino do frete. No entanto, se a forma de pagamento da loja for incompatível com as restrições de checkout, os clientes poderão finalizar a compra em qualquer moeda que você habilitou, ainda que ela não corresponda ao local da entrega.

Por exemplo, você é um lojista com mercado principal no Canadá e com um mercado dos Estados Unidos que tem preços fixos para todos os produtos. Se um cliente realizar o checkout em dólar canadense e tentar enviar para um endereço nos Estados Unidos, a Shopify vai alterar os preços para dólar norte-americano conforme os preços fixos. Nesse caso, o cliente recebe a informação de que os preços mudaram em função do destino do frete.

Compatibilidade dos gateways principais com preços locais

A tabela abaixo mostra os gateways principais do Shopify Payments e o nível de compatibilidade com preços locais.

Gateways compatíveis
Forma de pagamento Gateway de pagamento Atendimento
Cartão de crédito Checkout com cartão de crédito Totalmente compatível
Formas expressas Shop Pay Totalmente compatível
Apple Pay Compatíveis, mas sem restrições de checkout
Google Pay Compatíveis, mas sem restrições de checkout
Formas de pagamento locais Klarna Totalmente compatível
Sofort Totalmente compatível
iDeal Totalmente compatível
Pagamentos EPS Totalmente compatível
Bancontact Totalmente compatível
Formas de pagamento adicionais Finalização de compra do PayPal Compatíveis, mas sem restrições de checkout
Amazon Pay Incompatível. Os preços são convertidos para a moeda da loja
Outros Incompatível. Os preços são convertidos para a moeda da loja

A Shopify não trabalha com métodos principais de terceiros. No entanto, é possível usar o gateway fictício para simular pedidos com valores internacionais.

Limitações

Veja abaixo uma lista de limitações e exclusões que se aplicam à venda em moedas locais:

  • A venda em moedas locais é compatível apenas com o Shopify Payments, que inclui as formas de pagamento Shop Pay, Apple Pay, Google Pay e PayPal, entre outras. Os pedidos feitos com provedores de pagamento de terceiros são processados na moeda-padrão da loja.

  • A venda em moedas locais é aceita na loja virtual e em um ambiente headless que use a API Storefront. No entanto, o Shopify PDV é compatível apenas com a moeda da loja. É importante destacar que não é possível vender em moedas locais nos outros canais de vendas.

  • Se você definir condições para pagamento diferido em um rascunho de pedido que usa uma moeda diferente da moeda-padrão da loja, o pagamento só poderá ser coletado por cartão de crédito ou após marcar o pedido como pago.

  • Pedidos feitos em uma moeda diferente da moeda-padrão da loja não podem ser editados, a não ser que você use o recurso B2B da Shopify. No entanto, é possível reembolsar um pedido, criar um rascunho de pedido e enviar uma fatura por e-mail na moeda local do cliente.

  • Alguns bancos e emissores de cartão de crédito podem cobrar dos clientes taxas de transação internacional adicionais, mesmo quando o cartão de crédito é cobrado na moeda local.

  • Você pode ver seus relatórios apenas na moeda da sua loja.

  • Alguns apps de conversão de moeda na App Store da Shopify não são compatíveis com a venda em moedas locais pelo Shopify Payments, ou seja, eles podem exibir os valores na moeda escolhida pelo cliente, mas, no checkout, a unidade monetária retornará àquela que é o padrão da loja. Vale lembrar que é possível usar o app Geolocation da Shopify para que os clientes naveguem na loja com a precificação local.

Moedas aceitas

Você pode aceitar e reembolsar pagamentos nas seguintes moedas:

Códigos de país ISO para moedas aceitas no Shopify Payments por meio de moedas locais
AED GTQ PEN
AFN * GYD PGK
TODAS HKD PHP
AMD * HNL PKR *
ANG HRK PLN
AOA HTG * PYG
ARS * HUF QAR
AUD IDR RON
AWG ILS RSD
AZN * INR * RUB
BAM ISK RWF *
BBD JMD SAR
BDT * JPY SBD
BGN KES SCR
BIF KGS * SEK
BMD KHR * SGD
BND KMF SHP
BOB KRW SLL
BRL KYD SRD
BSD KZT * STD *
BWP * LAK SZL
BZD * LBP * THB
CAD LKR TJS
CDF LRD * TOP
CHF LSL * TRY *
CLP MAD * TTD
CNY MDL TWD
COP MGA TZS
CRC MKD UAH *
CVE MMK * UGX *
CZK MNT USD
DJF MOP * UYU
DKK MUR UZS *
DOP MVR VND
DZD MWK * VUV
EGP MXN WST
ETB MYR XAF
EUR MZN * XCD
FJD NAD XOF *
FKP NGN * XPF *
GBP NIO YER
GEL * NOK ZAR *
GIP NPR ZMW *
GMD NZD
GNF PAB *
* Moedas locais não disponíveis para lojistas na França.

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça