Gerenciar mercados

Os mercados se referem aos países e/ou regiões com os quais você quer trabalhar dentro de uma estratégia internacional de vendas. Cada mercado criado pode conter um ou vários países e regiões, de modo que é possível criar um mercado chamado "Américas" e incluir países como Canadá, Estados Unidos e México. Se você tem uma estratégia especial para um mercado como o Japão, é só criar um novo mercado para segmentar apenas o país asiático.

Acessar mercados pela primeira vez

Os mercados listados abaixo serão criados para todos os lojistas que tiverem acesso ao Shopify Markets:

  • Mercado principal: é o país ou a região principal onde você venderá produtos. Dessa forma, é comum que seja o país onde você reside ou no qual já vende, e é determinado pelo endereço e pela moeda da loja.
  • Mercado internacional: uma lista selecionada de países ou regiões populares para onde lojistas semelhantes a você vendem produtos.
  • Países para onde você não vende produtos: todos os outros países ou regiões que não pertencem a outro mercado. Os clientes nesses países não podem finalizar a compra em sua loja.

Por padrão, o mercado internacional está inativo. Isso significa que os clientes nesses países não poderão finalizar a compra até que você ative o mercado.

Se você já era lojista da Shopify antes do lançamento do Shopify Markets, as configurações anteriores migraram para os seguintes mercados:

  • Mercado principal: é o país ou a região principal onde você vende produtos. É comum que seja o país onde você reside ou em que tem mercado nacional, que é determinado pela moeda e pelo endereço de sua loja.
  • Outros mercados de um país são criados para você com base em moedas, preços internacionais, taxas de câmbio manuais ou domínios internacionais que foram configurados anteriormente em sua loja. Por exemplo, se a loja estiver localizada no Canadá e o dólar norte-americano já estiver habilitado na loja, um mercado dos Estados Unidos será criado para você.
  • Mercado internacional: todos os outros países ou regiões onde você faz entregas, mas que não têm moedas locais habilitadas.
  • Países para onde você não vende produtos: todos os outros países ou regiões que não pertencem a outro mercado. Os clientes nesses países não podem finalizar a compra em sua loja.

Se todos os países ou regiões que tinham uma moeda local disponível estavam habilitados anteriormente nas configurações de pagamento, esses locais serão adicionados ao mercado internacional com as moedas locais habilitadas.

Embora seja possível ter no máximo 50 mercados, algumas lojas excedem esse limite após a migração devido à quantidade de regiões ou países exclusivos habilitados anteriormente. É importante destacar que você ainda conseguirá usar esses mercados, porém precisará reduzir o número para menos de 50 se quiser incluir outros.

Recomendamos que você combine países ou regiões que tenham uma estratégia de preços semelhante em mercados com vários países. Por exemplo: vamos supor que o Canadá, os Estados Unidos e o México já estejam habilitados em suas configurações de pagamento e não haja preços personalizados ou estratégias específicas para cada país. Nesse caso, será possível mover os três para um único mercado chamado "América do Norte".

Permissões necessárias para gerenciar mercados

Os membros da equipe da loja têm acesso aos mercados de acordo com a combinação de permissões existentes. Eles precisam ter todas as permissões a seguir para acessar a página Mercados.

Permissões gerais:

  • Início
  • Pedidos (incluindo edição e exportação)
  • Produtos (incluindo exportação)
  • Relatórios
  • Painéis
  • Descontos

Permissões da loja virtual:

  • Domínios

Permissões administrativas:

  • Gerenciar configurações

Tipos de mercado

Mercado principal

O mercado principal é definido como o país ou região para o qual você mais vende. Dessa forma, é comum que seja o país onde você reside ou no qual você já vende.

No entanto, ele é determinado pela moeda da loja, em Configurações > Informações da loja, mesmo que não corresponda ao país informado na seção de endereço. Por exemplo, se o país do endereço da loja são os Estados Unidos, mas a moeda definida é o dólar canadense, o mercado principal é o Canadá.

Por padrão, todas as alterações feitas na loja se aplicam ao mercado principal. Isso acontece automaticamente quando você altera os preços de um produto ou define um novo local de estoque.

Na página Mercados, as configurações do mercado principal são fixas, ou seja, não podem ser editadas. Entretanto, é possível usar os links diretos para navegar até as outras seções do admin da Shopify e gerenciá-las.

Alterar a moeda da sua loja

Como a moeda da loja determina o mercado principal, todas as mudanças na primeira alteram o segundo.

Caso você mude a moeda da loja, o mercado principal é alterado para o país ou a região da nova moeda. Se esse novo país já existe em um mercado único, há duas consequências: esse mercado é removido, e o país que estava no mercado principal é transferido para o internacional.

Por exemplo, se a moeda da loja é alterada de dólar canadense para dólar norte-americano, o mercado principal passa a ser os Estados Unidos. Além disso, se você já tinha um mercado único para esse país, ele é removido, e o Canadá é transferido para o mercado internacional.

Caso a loja já tenha feito vendas, entre em contato com o Atendimento ao cliente da Shopify para alterar a moeda.

Saiba mais sobre como alterar a moeda de pagamento.

Vale lembrar que cada país ou região só pode fazer parte de um único mercado.

Mercados com um só país

Os mercados com um só país contêm um país ou uma região. Quando você cria um novo mercado com um só país, a moeda base dele é aquela correspondente ao país em questão. Se a moeda for incompatível, a moeda base será aquela da loja.

Use os mercados de um país sempre que quiser vender para países ou regiões que estão incluídos nas suas estratégias de segmentação. Por exemplo: se por acaso o seu mercado principal for o Canadá e uma parte significativa das vendas internacionais começar a vir dos Estados Unidos, pode ser uma boa ideia criar um mercado segmentando apenas os Estados Unidos. Dessa forma, você vai poder oferecer uma experiência localizada e exclusiva para os clientes e, possivelmente, aumentar as vendas e conversões.

Mercados com vários países

Mercados de vários países são os que têm mais de um país ou região. Ao criar esse tipo de mercado, a moeda-padrão definida é a da loja, e várias moedas são habilitadas. Se você desabilitá-las para esse mercado, todos os clientes que fazem parte dele comprarão na moeda base do mercado ou em outra que você selecionar.

A moeda base de um mercado com vários países é usada para definir preços fixos de produtos.

Para simplificar, combine países ou regiões com estratégias de segmentação semelhantes em mercados de vários países. Por exemplo, se você vende produtos para a Alemanha, a França, a Bélgica e a Itália, e todos esses países tiverem os mesmos preços de produto, taxas de frete e domínio, será possível criar um mercado que contenha os quatro países.

Mercado internacional

Quando você acessa o Shopify Markets pela primeira vez, um mercado internacional é criado para você. Ele inclui uma lista selecionada de países e regiões onde outros lojistas semelhantes podem vender produtos. Por padrão, o mercado internacional está inativo, e você precisa ativá-lo se quiser começar a vender produtos para todos os países do mercado internacional.

Países e regiões para os quais a loja não vende

A página Mercados inclui um mercado chamado Países/regiões em que você não vende. Quando um cliente de um desses países ou regiões visita a loja virtual, ele visualiza o idioma e a moeda padrão associados ao mercado principal, mas não consegue finalizar a compra. Este mercado é criado automaticamente e não pode ser excluído.

Quando você adiciona países ou regiões desse mercado a novos mercados, eles são removidos dessa lista.

Adicionar mercado

Caso queira personalizar a experiência na loja virtual para clientes de uma determinada região, adicione um novo mercado na página Mercados. Por exemplo, é possível segmentar um grupo de países, como a América do Norte, ou apenas um, como o Canadá. O Shopify Markets permite criar os mercados que são importantes para sua empresa.

Ao adicionar um novo mercado, outros são sugeridos com base em lojas semelhantes à sua. Essas recomendações indicam países ou regiões nos quais você tem maior probabilidade de fazer vendas com base em dados de lojistas semelhantes do mesmo mercado principal.

Caso crie um mercado que inclua países ou regiões que já fazem parte de outro, o novo substituirá o existente com essas informações. Caso este não contenha outros países e regiões, será automaticamente excluído, bem como os preços internacionais, domínios, subpastas e personalizações que o compõem.

Se você já faz envios para todos os países e regiões incluídos em um novo mercado, ele está ativo por padrão. Caso contrário, está inativo, ou seja, é necessário ativá-lo para que os clientes finalizem a compra na loja.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.

  2. Clique em Adicionar mercado.

  3. Insira um Nome de mercado. Esse nome ajuda você a identificar o mercado no admin da Shopify e não é exibido aos clientes.

  4. Clique em Adicionar países/regiões.

  5. Selecione os países e as regiões que você quer incluir no mercado.

  6. Clique em Pronto e, depois, em Salvar.

Pré-visualizar um mercado

É possível pré-visualizar a experiência do cliente diretamente no admin da Shopify, bem como os mercados ativos e inativos nos respectivos idiomas adicionados.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.

  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado que você quer pré-visualizar.

  3. Na lista Pré-visualização, selecione o idioma de sua preferência.

Ativar um mercado

Se você ainda não faz envios para todos os países e regiões em um novo mercado, ele está inativo por padrão. Em outras palavras, os clientes nesses lugares não conseguem finalizar a compra na loja.

Antes de ativar um mercado, é necessário ter taxas de frete para todos os países e regiões que fazem parte dele. É possível adicionar configurações do mercado, como domínios, idiomas, moeda e preços, antes de ativá-lo e começar a vender para esses países e regiões.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.

  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado que você quer ativar.

  3. Clique em Ativar mercado.

Desativar um mercado

Caso não queira mais vender para clientes em um determinado mercado, basta desativá-lo. Vale lembrar que essa ação não afeta os pedidos existentes. Quando você desativa um mercado, todas as configurações dele são salvas. Assim, é possível reativá-lo facilmente no futuro. A desativação não altera nem exclui as zonas de frete. No entanto, isso impede que os clientes de países em mercados inativos finalizem a compra.

Se você desativar um mercado que tinha um domínio ou subdomínio de nível superior associado a ele, os clientes serão redirecionados automaticamente para o domínio do mercado principal. No entanto, se o mercado desativado tinha subpastas, os URLs delas deixarão de funcionar. Recomendamos que você configure redirecionamentos para garantir que os clientes possam acessar a vitrine.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.

  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado que você quer desativar.

  3. Na lista Mais ações, clique em Desativar mercado.

  4. Clique em Desativar para confirmar.

Remover um mercado

É possível remover um mercado na página Mercados. Isso impede que os clientes que fazem parte dele finalizem a compra e faz com que os URLs das subpastas parem de funcionar, mas não afeta os pedidos existentes. Remover um mercado o exclui permanentemente.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.

  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado que você quer excluir.

  3. Na lista Mais ações, clique em Remover mercado.

  4. Clique em Remover para confirmar.

Editar países ou regiões de um mercado existente

Você pode adicionar ou remover países ou regiões nos mercados existentes conforme sua estratégia de vendas internacionais muda.

Adicionar país ou região a um mercado existente

É possível adicionar países ou regiões a um mercado existente. Por exemplo, se você já vende para a França e a Alemanha em um mercado de vários países, pode decidir começar a vender para a Itália também. Para isso, basta adicionar a Itália a seu mercado existente de vários países.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.
  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado ao qual você quer adicionar outro país ou região.
  3. Clique em Editar e, depois, em Adicionar países/regiões.
  4. Pesquise o país ou a região que você quer adicionar e marque a caixa de seleção ao lado do nome.
  5. Clique em Pronto e, depois, em Salvar.

Remover país ou região de um mercado existente

É possível remover países ou regiões de um mercado existente. Por exemplo, imagine que você tem um mercado na América do Norte que contenha Estados Unidos, Canadá e México. Depois de tentar de tudo para ter sucesso no Canadá, as vendas não correspondem às suas expectativas, então, você decide concentrar seus esforços em outros lugares. Nesse caso, é possível remover o Canadá do mercado da América do Norte. Observe que essa ação moverá o Canadá para Países/regiões em que você não vende, e os clientes desse país não poderão mais finalizar compras em sua loja.

Se você quiser remover um país ou uma região de um mercado existente e adicioná-lo a um mercado exclusivo, em vez das etapas abaixo, siga as orientações para adicionar um novo mercado. Por exemplo, caso você tenha um mercado com todos os países da União Europeia, e suas vendas estejam crescendo rapidamente na Alemanha, talvez você decida segmentar a estratégia para as vendas nesse país. Adicionar um novo mercado para a Alemanha cria um mercado dedicado e mantém todos os outros países da União Europeia no mercado original.

Etapas:

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Mercados.
  2. Clique em Gerenciar ao lado do mercado que contém o país ou a região que você quer remover.
  3. Clique em Editar.
  4. Exclua os países ou as regiões para os quais você não quer mais vender neste mercado.
  5. Clique em salvar.

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça