Estoque e processamento de pedidos com Mercados

Atualmente, as lojas da Shopify podem alocar seus estoques em diferentes locais. No entanto, por padrão, os níveis deles não são mantidos na vitrine, e alguns locais podem ficar com estoque negativo por engano.

Com os mercados, os níveis de estoque refletem com precisão a quantidade de itens disponíveis para o país ou a região do cliente que está acessando a loja virtual.

Por exemplo, você pode ter depósitos nos Estados Unidos, no Canadá e na Espanha, com os seguintes níveis de estoque e destinos de frete.

Exemplos de depósito, nível de estoque e destinos de frete disponíveis
Depósito Nível de estoque Regiões de frete
Estados Unidos 500 Estados Unidos, México
Canadá 75 Canadá, México
Espanha 0 Espanha, França, Itália, Portugal, Suíça

Se um cliente definir o país dele como Estados Unidos, Canadá ou México no site, o produto será exibido como disponível para compra. Já se um cliente definir o país como Espanha, o mesmo item será mostrado como fora de estoque. Isso evita a sobrevenda no local da Espanha até que a quantidade disponível seja suficiente para atender a esses lugares de novo.

Para garantir que os clientes vejam a quantidade exata do estoque, defina níveis precisos por local e adicione-os às respectivas zonas de frete.

Limitações

  • Só na vitrine os produtos podem ser exibidos como disponíveis ou indisponíveis para países ou regiões. Se um cliente chegar ao checkout e alterar o país, os locais ainda poderão ficar com estoque negativo. Por esse motivo, recomendamos seguir as etapas para definir a localização correta dos clientes.
  • Os números de estoque por local não são limitados nem exibidos para os clientes na vitrine. No exemplo acima, se um cliente do Canadá adicionar 100 unidades ao carrinho na vitrine, ele ainda conseguirá fazer o checkout, e o local do Canadá ficará com -25 unidades de estoque.

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça