Configurações de tributos por local

A configuração de tributos se baseia nos cadastros fiscais das seguintes regiões:

Caso sua sede não seja em um desses lugares, os tributos que precisam ser cobrados são aplicados no nível do país ou da região, dependendo da legislação tributária local.

Configurar alíquotas por local

Muitos países cobram tributos com base no destino de um pedido, ou seja, você cobra o tributo sobre vendas usando a alíquota definida na região onde o produto é entregue. Se tiver dúvidas, consulte um especialista tributário.

Antes de configurar os tributos com base no destino, confirme se você é obrigado a cobrar tributo sobre vendas dos clientes e se o produto é tributável.

Passos

  1. Confirme se o endereço da loja não está em uma região que usa tributos por cadastro. Além disso, verifique se você configurou uma zona de frete para o país de destino.
  1. Na seção Regiões fiscais, clique no nome do país.

  2. Na seção Tributos básicos, insira as alíquotas aplicáveis no país e em qualquer região. Você pode escolher se um tributo em uma região é usado em vez de um tributo federal, ou se é adicionado ou acrescido de um tributo federal. Para saber mais sobre essas opções, consulte Certifique-se de que os tributos não estejam duplicados.

  3. Clique em salvar.

Inclua tributos nos preços dos produtos

Em alguns países, como no Reino Unido, é necessário incluir o tributo sobre vendas nos preços exibidos para a maioria dos tipos de mercadoria.

Se você habilitar esse recurso, o tributo será calculado usando a fórmula Tax = (Tax Rate X Price) / (1 + Tax Rate). Você e seus clientes ainda verão o tributo como um item de linha, mesmo que nenhum tributo pareça estar adicionado. O subtotal e o total serão os mesmos, mas o valor do tributo que você precisa remeter para um pedido também será indicado.

Passos

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Tributos.
  2. Marque a opção Todos os preços incluem tributo.
  3. Opcional: para usar a alíquota local do cliente, marque Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente. A opção está atualmente em versão beta e pode não estar disponível para todas as lojas.
  4. Clique em salvar.

Depois de configurar seus preços para incluir tributos, deixe Cobrar tributo sobre esse produto marcado nas páginas do produto para que os tributos sejam incluídos no preço exibido. Os clientes verão o valor do tributo incluído ao lado do total na finalização da compra.

Configurar seus preços para incluir tributos não afeta sua emissão de relatórios fiscais.

Por exemplo, Maya e Gabriel moram na mesma região e ambos têm lojas virtuais. A alíquota regional de 10%, e eles podem optar por incluir tributos nos preços.

  • Maya não inclui tributos em seus preços. Se ela listar um produto por $100, o tributo será calculado como $10, por um preço total de venda de $110. A fórmula para isso é Total = List Price X (1 + Tax Rate):

    US$ 100 X (1 + 0,1) = US$ 100 X 1,1 = US$ 110

  • Gabriel decide incluir todos os tributos em seus preços listados. Para chegar a um preço total listado de $100 que inclua tributos, a fórmula com tributo incluído é usada para calcular a porção do tributo. Essa fórmula é Tax = (Tax Rate X Price) / (1 + Tax Rate):

    Porção de tributo do preço = (0,1 X $100)/(1 + 0,1) = $10/1,1 = $9,09

    Porção de produto do preço = $100 - $9,09 = $90,91

    Esses cálculos são realizados automaticamente. O valor do tributo é mostrado nas informações de todos os pedidos para que tanto Gabriel quanto seus clientes vejam o valor real do tributo cobrado.

Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente

Se você faz vendas internacionais, é possível incluir ou excluir tributos nos preços dos produtos de acordo com o local do cliente. Caso você habilite essa configuração, os clientes em países ou regiões como o Reino Unido verão preços que já incluem o Imposto sobre valor agregado (IVA) local. Em países ou regiões como os Estados Unidos, onde os compradores esperam que os tributos sejam adicionados no checkout, os clientes verão os preços sem os tributos.

Caso você use substituições tributárias para determinados produtos ou coleções, as margens poderão ser afetadas. Saiba mais a respeito da inclusão ou exclusão de tributos conforme o país do cliente.

Por exemplo, Gabriel vive em uma região que cobra 10% de tributo. Ele define os preços para que incluam o tributo e vende para diversos outros lugares. Gabriel ativa a opção Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente e vende um produto por US$ 100.

  • Na região dele, o custo do produto é US$ 100. Com a fórmula Tax = (Tax Rate X Price) / (1 + Tax Rate), o preço do item é US$ 90.91. Já o valor do tributo é US$ 9.09.
  • Nas regiões em que Gabriel não é obrigado a cobrar tributos, o valor no checkout é de US$ 90,91, referente ao produto.
  • Em uma região em que Gabriel é obrigado a cobrar uma alíquota de 20%, o valor no checkout é de US$ 109,09. O preço é calculado aplicando 20% (tributo regional) ao valor do produto.

O endereço da loja no admin da Shopify é usado para determinar a alíquota de origem, que é deduzida dos preços com tributos incluídos quando você vende para um país ou uma região que inclui os tributos. Essa alíquota muda se você alterar o país ou a região do endereço no admin.

Considerações a respeito da inclusão ou exclusão de tributos conforme o país do cliente

Antes de habilitar a opção Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente, avalie as seguintes considerações.

  • A inclusão ou exclusão de tributos conforme o país ou a região do cliente é incompatível com: - Lojas no plano Shopify Plus que usam o Avalara AvaTax.

    • Lojas que usam apps de terceiros que oferecem upsell após a compra.
    • Formas de pagamento aceleradas, como o Google Pay ou o Apple Pay, são compatíveis apenas com lojistas que usam o Shopify Payments, mas não com aqueles que usam outros gateways de pagamento.
    • Os botões de checkout dinâmico não são compatíveis com a inclusão ou a exclusão de tributos conforme o país do cliente, portanto precisam ser desabilitados se você quiser usar esse recurso.
  • A alíquota de origem é determinada pelo endereço da loja e, com isso, as substituições tributárias podem ser afetadas. Por exemplo, se em um de seus produtos incidir uma substituição de 10%, mas a alíquota de origem for maior, esta última, por ser a mais alta, será deduzida do produto no envio internacional. Sendo assim, as margens poderão ser afetadas. Por isso, se quiser evitar que esse produto seja enviado internacionalmente, use um perfil de frete.

  • A alíquota de origem é usada para calcular o valor no checkout. Imprecisões podem ocorrer caso você tenha locais de processamento de pedidos em regiões com tributos distintos.

  • Após a ativação da configuração Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente, os preços serão exibidos corretamente no checkout, mas não nas páginas de produto nem no carrinho, a menos que: - você venda em várias moedas e use o Shopify Payments. Nesse caso, os preços aparecerão corretamente no checkout, nas páginas do produto e no carrinho;

    • os clientes efetuem as compras com um endereço localizado em uma região qualificada para o ajuste de preço, tenham cookies habilitados, não limpem o cache do navegador e não visitem a loja no modo de navegação anônima. Nesse caso, os valores aparecerão corretamente no checkout, nas páginas de produto e no carrinho nas próximas visitas.

Habilitar a inclusão ou a exclusão de tributos conforme o país do cliente

  1. No admin da Shopify, acesse Configurações > Tributos.
  2. Selecione Incluir ou excluir tributos conforme o país do cliente.

Cobrar tributos nas taxas de frete

Em algumas regiões, é necessário cobrar tributos sobre o frete. Caso a loja esteja localizada fora do Canadá, dos Estados Unidos, da União Europeia ou do Reino Unido, siga as etapas a seguir para fazer a cobrança corretamente.

Passos

  1. Marque Cobrar tributos sobre as taxas de frete.

  2. Clique em salvar.

Certifique-se de que os tributos não sejam duplicados

Se configurar tributos para um país e suas sub-regiões, você precisará especificar se um tributo regional é agregado ou composto a qualquer tributo federal ou se deve ser usado no lugar do tributo federal. Se os seus clientes em um país parecem estar sendo cobrados por tributos duas vezes, você pode ter os tributos da sub-região configurados para serem adicionados ao tributo total para esse país.

Por exemplo, suponha que você tenha um item que custe $100. Um cliente compra esse item em uma área onde há alíquotas federais e regionais, ambas a 10%.

  • Se você selecionar agregado, o federal e o regional serão cobrados e agregados. Nesse caso, o tributo federal é $10 e o tributo regional é $10. Eles são agregados por um preço total de $120.

  • Se você selecionar em vez de, o valor regional será cobrado e o valor federal não será. Nesse caso, não há um tributo federal e um tributo regional de $10. O valor total do item é $110.

  • Se você selecionar composto sobre, o valor do tributo federal será determinado e o valor regional será cobrado nesse subtotal. Nesse caso, o valor do tributo federal é US$ 10. O tributo regional é aplicado ao subtotal de US$ 110, produzindo um valor de tributo regional de US$ 11. Quando totalizado, isso resulta em um preço total de US$ 121.

Você pode verificar ou alterar suas configurações de tributos para uma região.

Passos

  1. Na seção Regiões fiscais, clique em Editar ao lado do nome do país. Os tributos são mostrados para o país e para as sub-regiões por estado ou província.

  2. Escolha uma opção no menu suspenso abaixo da alíquota da sub-região para especificar como você deseja cobrar tributos.

  3. Clique em salvar.

Alterar o nome padrão do IVA

Para os países com Imposto sobre valor agregado (IVA), o nome padrão dado ao tributo é VAT. A abreviação VAT aparece na sua página de checkout, comprovantes de clientes e na seção Informações de pedidos.

Se você estiver em um país que usa uma outra abreviação para o tributo, altere o nome em questão na página Tributos. Por exemplo, vários países usam IVA em vez de VAT. Você só pode alterar o nome do tributo se o país em questão apresenta sub-regiões no admin da Shopify, como nos casos da Itália e da Espanha. Não é possível realizar a alteração se as sub-regiões não foram incluídas, como nos casos da Áustria e da Noruega.

Passos

  1. Na seção Regiões fiscais, clique no país.

  2. Para cada região, altere o VAT para a abreviação que você deseja usar.

    Alterar o VAT para o IVA
    O nome é específico para cada região, portanto, é necessário alterá-lo em cada uma.

  3. Clique em salvar.

Tributos do Reino Unido e Brexit

  • Se o valor for igual ou inferior a 135 GBP, exige-se o registro de IVA no Reino Unido. Então, o imposto é recolhido no ponto de venda e remetido pelo lojista.
  • Na hipótese de o valor ser superior a 135 GBP, pode não ser necessário recolher o imposto no ponto de venda. Nesse caso, o IVA e os tributos de importação são remetidos pelo importador. Se quiser, é possível cobrar do cliente o IVA e os tributos de importação no momento da venda e, em seguida, passar os valores ao remetente ou importador usando uma etiqueta de frete. Outra opção é enviar os pedidos sem cobrar o IVA e os tributos de importação, e o cliente pagar um valor adicional no momento da entrega. Saiba mais sobre como lidar com IVA e tributos de importação.

Saiba mais sobre as implicações do Brexit para sua empresa.

Considerações sobre isenções tributárias com preços incluídos nos tributos

Se você incluir tributos nos preços dos produtos, não será possível exibir um preço isento de tributos para determinados clientes, como isenções de GST para clientes fora da Austrália e da Nova Zelândia.

Se for necessário fornecer uma isenção para clientes específicos, considere as seguintes opções:

  • Não inclua tributos nos preços.
  • Modifique o tema para exibir preços isentos de tributos na loja e use os Scripts da Shopify para aplicar a isenção de 20% no IVA durante o checkout.
  • Use uma loja de expansão para permitir que os compradores internacionais paguem o preço sem tributo.

Tudo pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça