Práticas recomendadas para o Shopify Email

O envio de e-mail marketing para os clientes pode ser uma ótima maneira de aumentar o tráfego para a loja. Um número maior de visitantes na loja aumenta as chances de venda. Aqui estão algumas sugestões para manter os clientes engajados com o conteúdo e interessados em acessar a loja.

O que considerar ao criar e gerenciar uma lista de assinantes de e-mail

  • Se você comprar uma lista de e-mails para ter novos assinantes, poderá prejudicar sua reputação por enviar spam a clientes que não ativaram o recebimento de mensagens. Uma abordagem melhor é oferecer a inscrição em uma newsletter na loja virtual, no checkout, no PDV e nos eventos presenciais. Assim, você consegue assinantes mais engajados.
  • Revise a lista de assinantes com frequência para confirmar se você não está enviando e-mails para caixas de entrada genéricas ou baseadas em função, como info@domínio.com ou vendas@domínio.com. Provavelmente essas caixas de entrada não terão nenhum envolvimento com os e-mails, prejudicando sua reputação de remetente ao longo do tempo.
  • Crie grupos de clientes para segmentar um conjunto específico de clientes. Por exemplo, se você vai fazer uma promoção de chapéus, envie um e-mail apenas para os clientes que já compraram chapéus antes a fim de incentivá-los a fazer outra compra.
  • Caso você habilite o cadastro duplo para assinantes, atualize a mensagem de confirmação dos formulários de newsletter na loja virtual para avisar aos clientes sobre a necessidade de verificar o e-mail para confirmar o acompanhamento. A atualização da mensagem de confirmação pode ajudar a garantir mais cadastros. Um exemplo de mensagem de confirmação pode ser: "Verifique seu e-mail para confirmar a assinatura".
  • Um assinante que clica no link Cancelar inscrição no e-mail recebido ou que marca o e-mail como spam é automaticamente removido de sua lista de assinantes. Os e-mails rejeitados por problemas com o endereço são automaticamente removidos de envios futuros.

O que incluir nas campanhas de e-mail

  • Os tipos de e-mails enviados aos clientes podem incluir comunicados sobre novos produtos ou liquidações em sua loja. Se você está com dificuldades para descobrir que tipo de conteúdo enviar para seus clientes, analise os tipos de e-mails para os quais você próprio se inscreveu, anote tudo o que se destaca e decida qual conteúdo é compatível com a marca de sua loja. Para conferir outras ideias, consulte a seção E-mail marketing do blog da Shopify.
  • Se você nunca enviou uma campanha de e-mail para os assinantes, a criação de um e-mail de boas-vindas é uma ótima maneira de se apresentar e começar a estabelecer um relacionamento com os clientes. Nesse e-mail, conte quem você é, anuncie sua loja, destaque um dos produtos mais populares para lembrar aos clientes por que eles já adoram sua marca ou para ajudá-los a descobrir um item novo. Outra opção é criar um grupo exclusivo na seção Clientes para enviar o e-mail somente aos assinantes recentes.
  • O objetivo da campanha de e-mail é fazer com que os assinantes visitem sua loja. Portanto, inclua pelo menos um link que os leve até a loja.
  • Inclua links para os sites de redes sociais da loja. Assim, os clientes ficam cientes de outros pontos de contato com a marca, além do e-mail.

Quando enviar as campanhas de e-mail

  • Mantenha os assinantes engajados enviando e-mails para eles pelo menos uma vez por mês. Algumas empresas mantêm um calendário de envio dos tipos de e-mails ou das atualizações. Uma programação para os e-mails ajuda a garantir que os leitores recebam com frequência novos conteúdos e se lembrem de acessar a loja. No entanto, tenha a cautela de evitar comunicações muito frequentes com os clientes, pois assim eles podem perder o interesse em seus e-mails.
  • Antes de enviar uma mensagem de e-mail aos assinantes, envie um teste para si mesmo a fim de confirmar se os destinos dos links e as informações de descontos estão corretos.

Criação de e-mails

O planejamento da aparência de seus e-mails ajuda a garantir que eles sejam compatíveis com o resto de sua marca. Use cores, fontes e logotipos semelhantes aos de sua loja. O objetivo é garantir que o leitor, ao abrir seu e-mail, saiba que é da sua empresa.

Se você adicionar imagens, elas deverão se relacionar com o que você vende na loja. A Shopify inclui automaticamente imagens de produtos e imagens de coleções, mas você também pode adicionar imagens que ajudam a mostrar aos leitores ideias conceituais associadas à sua loja. Se você estiver procurando fotos do nosso banco de imagens para usar nos e-mails ou na loja virtual, o endereço burst.shopify.com é um ótimo ponto de partida.

No entanto, como alguns clientes de e-mail desativam imagens nos e-mails, evite usar imagens para exibir textos fundamentais de seu e-mail. Por exemplo, não anuncie uma promoção utilizando somente uma imagem que inclua o texto "50% de desconto", pois a imagem pode ser bloqueada pelo cliente de e-mail de um cliente.

Sempre que usar imagens, inclua um texto alternativo. O texto alternativo é importante para manter seus e-mails acessíveis para todos os públicos-alvos. O objetivo de um e-mail é direcionar os leitores à sua loja, por isso outra prática recomendada é incluir um link em todas as imagens que você adicionar para ajudar os leitores a navegar para o conteúdo relevante em sua loja.

Dicas para escrever conteúdos de e-mail eficazes

Ao escrever conteúdo para o seu e-mail, tente se familiarizar com seu público-alvo desejado e crie e-mails que agradem a ele. Por exemplo, se você estiver escrevendo para um público mais jovem, talvez seja necessário ajustar sua linguagem para envolvê-lo.

Mantenha as informações promocionais ou importantes na seção superior de seu e-mail. Em dispositivos móveis, elas devem estar dentro das duas primeiras rolagens de tela para chamar a atenção do leitor. Talvez você tenha apenas alguns segundos para chamar a atenção dos leitores, portanto, a primeira coisa que eles devem ver são as informações principais do e-mail.

Tente manter os e-mails com menos de 200 palavras, ou cerca de 20 linhas. Em alguns casos, se o e-mail for longo demais, o provedor de e-mail poderá cortá-lo para que os leitores vejam apenas uma parte do conteúdo. Por exemplo, o Gmail corta e-mails com mensagens maiores que 102kB e oculta o restante do conteúdo.

Evite colocar seu conteúdo exclusivamente em maiúsculas ou usar pontos de exclamação em excesso e escreva para um nível de leitura de 8ª série. Isso ajuda a tornar seus e-mails acessíveis a um público-alvo amplo de leitores. Saiba mais sobre como tornar seu conteúdo mais legível no Nielsen Norman Group.

Uso da linha de assunto para chamar a atenção dos assinantes

A primeira coisa que os leitores veem ao verificar a caixa de entrada é a linha de assunto e o texto de pré-visualização. Nesse ponto, os leitores decidirão se vão abrir ou excluir seu e-mail. A forma como a linha de assunto e o texto de pré-visualização são escritos pode ajudar a influenciar essa decisão e fazer com que os leitores abram o e-mail.

Aqui estão alguns itens a considerar:

  • Crie seu e-mail primeiro e, em seguida, crie uma linha de assunto e o texto de pré-visualização como a última etapa. Isso ajuda a garantir que a linha de assunto e o texto de pré-visualização sejam relevantes para o e-mail.
  • A linha de assunto deve estar relacionada ao conteúdo do e-mail e ser convincente o suficiente para que os leitores abram seu e-mail.
  • Assegure-se de incluir o texto de pré-visualização. O texto de pré-visualização é mais eficaz quando incentiva a ação dos leitores.
  • A linha de assunto e o texto de pré-visualização não devem ser exatamente a mesma frase. Em vez disso, eles devem se complementar, informando os leitores sobre o conteúdo do e-mail. Por exemplo, você pode ter a linha de assunto "Veja nossa nova coleção de primavera", seguida pelo texto de pré-visualização "Não perca 10% de desconto em shorts, regatas e outras peças para o calor que está chegando."
  • Mantenha sua linha de assunto entre 3 e 6 palavras ou com menos de 50 caracteres. Com isso, os leitores ainda conseguem visualizar a linha de assunto ao verificar os e-mails num dispositivo móvel.

Incluir um endereço de e-mail nos seus e-mails

Dependendo de onde você estiver localizado, talvez seja necessário incluir um endereço postal físico nos seus e-mails promocionais. A lei CAN-SPAM nos Estados Unidos e a legislação CASL/PIPEDA no Canadá são dois exemplos. As regras, regulamentações e leis envolvendo e-mail marketing e spam, como e-mails não solicitados enviados em massa, variam dependendo da sua localização. Certifique-se de que você está familiarizado com as leis em sua região, estado e país antes de iniciar uma campanha de e-mail marketing.

Por padrão, o endereço da sua loja é incluído no rodapé dos seus e-mails. Se não se sentir confortável em compartilhar o endereço da sua loja nos e-mails, você pode alugar uma caixa postal numa agência local dos correios ou da loja UPS para usar como endereço postal. Para alterar o endereço de correspondência em seus e-mails, acesse Configurações > Geral no admin da Shopify e insira sua caixa postal como endereço da loja.

Recursos adicionais

Se quiser saber mais sobre e-mail marketing, você encontra informações detalhadas nos seguintes artigos:

Pronto para começar a vender com a Shopify?

Experimente de graça